Melhor Cerveja do Mundo começa a ser vendida pela internet

Venda é destinada exclusivamente a consumidores finais e as garrafas devem ser retiradas pelos compradores diretamente na abadia na Bélgica.

Os monges trapistas da Abadia de São Sisto em Westvleteren (Bélgica), anunciaram que vão vender suas desejadas cervejas pela internet.

A medida é uma maneira de favorecer os clientes que buscam pela cerveja e dificultar a inflação imposta por atravessadores, já que a cerveja não é comercializada via atacado, e recentemente tem sido vista comercializada por preços até 5 vezes mais cara que quando vendida diretamente na abadia.

Os monges fabricam pouco mais de 5mil barris por ano, divididos em três tipos de cerveja: uma clara, com 5,8% de álcool, e as escuras Westvleteren 8 e 12. Esta última é regularmente considerada a melhor cerveja do mundo, apesar do elevado teor alcoólico de 10,2%.

A decisão de comercializar as cervejas pelo site foi tomada pelo monge Manu Van Hecke, determinado a manter o controle da distribuição direta ao consumidor final, após as três cervejas produzidas na abadia terem sido vistas comercializadas em um supermercado holandês, sem o conhecimento dos monges, a exatamente pelo quíntuplo do valor comercializado na Abadia de São Sisto, que vende a Westvleteren 12 à US$45 a caixa com 24 garrafas.

“O novo sistema de vendas atende às necessidades de muitos entusiastas da Westvleteren. Temos pensado muito sobre uma alternativa boa e amigável ao cliente. As vendas de cerveja na abadia permanecerão exclusivamente destinadas a clientes particulares. Portanto, a loja virtual só é acessível aos consumidores, não aos compradores profissionais. Queremos oferecer ao maior número possível de pessoas a oportunidade de comprar o Trappist Westvleteren pelo preço correto. Qualquer pessoa que não aderir às regras de vendas e abusar do sistema não terá acesso à loja online. ” disse Van Hecke, em entrevista ao jornal britânico The Guardian.

Apesar da venda agora ser feita também via on line, os entusiastas ainda não receberão seu produto no conforto do lar. O canal de vendas do site começa a funcionar amanhã, 18 de junho, não possui serviço de delivery, então após concluir a compra, o cliente deve retirar as cervejas diretamente na abadia. 

Pode parecer uma alternativa não muito prática, mas certamente vai facilitar, e muito, já que atualmente as compras são feitas via telefone, e em horários de pico, a abadia chega a receber 85 mil chamadas por hora.

Este conteúdo foi desenvolvido pela Texo, a marca do lifestyle cervejeiro.


Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados